Como tratar a candidíase?

Um dos desconfortos vaginais mais comuns é a candidíase, também conhecida como fungo vaginal ou apenas cândida. Os sintomas de candidíase incluem corrimento espesso esbranquiçado geralmente descrito como requeijão, vermelhidão intensa e prurido na área vulvovaginal. Coçar pode causar irritações e dor adicionais, e pode levar a sensação de ardor quando urina ou durante relações sexuais. Se experiencia alguns destes sintomas, é importante contactar o seu médico ou ginecologista para confirmar o diagnóstico, assim irão indicar-lhe como tratar a candidíase.

Posso tratar a candidíase sozinha?

Medicamentos e produtos que tratam a candidíase podem ser adquiridos ao balcão, sem necessitar de prescrição médica. Estes incluem cremes antimicóticos, antimicóticos orais, próbioticos, prébioticos e outros produtos. Isto significa que com um autodiagnóstico correto, conseguirá tratar a infeção fúngica (candidíase) sem consultar o seu profissional de saúde. Contudo, os sintomas normais de candidíase podem muitas vezes provocar algo mais (secura vaginal, infeções bacterianas – vaginose bacteriana) ou pode “mascarar” uma DST com implicações mais sérias. Por isso, é muito importante que consulte o seu médico ou ginecologista antes de iniciar qualquer tratamento, evite criar mais problemas para si e para o seu parceiro. A infeção cândida é geralmente transmitida entre parceiros, mas poderá existir uma DST subjacente.

O que posso fazer para aliviar os sintomas da candidíase?

Nas mulheres saudáveis, a candidíase não é uma doença crónica, mas ter constantemente prurido e irritação pode ter implicações dramáticas na qualidade da vida sexual, bem como tornar desagradável a ida à casa de banho, ficar sentada durante longos períodos de tempo ou utilizar roupa apertada. Assim que o seu médico confirme o diagnóstico e o tratamento para a candidíase, pode tentar aliviar os sintomas desagradáveis. Géis refrescantes e sprays podem proporcionar alívio imediato no prurido e irritação, enquanto os prébioticos vaginais podem apoiar o tratamento prescrito. É também importante manter uma higiene vaginal regular utilizando água tépida ou morna com um produto de higiene íntima sem sabão, evitando toalhitas e papel higiénico perfumado e sempre que possível durma sem roupa interior.


"Medicamentos e produtos que tratam a candidíase podem ser adquiridos ao balcão, sem necessitar de receita médica. Estes incluem cremes antimicóticos, comprimidos antimicóticos, próbioticos, prébioticos e outros produtos. "