Causas das infeções vaginais

Se experienciou desconfortos íntimos como corrimento, prurido, ardor, dor ou odor, provavelmente sofreu de uma infeção vaginal ou vaginite. As infeções mais comuns são a vaginose bacteriana e a candidíase (infeção vaginal fúngica), ambas consideradas um desequilíbrio da flora vaginal.

A vaginose bacteriana pode ser reconhecida pelo ardor ou dor na área íntima, por um corrimento de cor branco acinzentado, com cheiro idêntico a peixe. A candidíase é mais conhecida por prurido e irritação na área vaginal, corrimento espesso esbranquiçado, geralmente descrito como sendo idêntico a requeijão.

O que causa a infeção vaginal?

Desequilíbrio na flora vaginal é uma das causas mais comuns de infeções vaginais. Assim que o número de bactérias saudáveis que vivem dentro da vagina reduz, as bactérias nocivas e fungos começam a desenvolver-se rapidamente, causando desconforto e infeção.

O desequilíbrio pode surgir após a toma de antibióticos, alterações hormonais, após a utilização de produtos de limpeza como o sabão, banho de espuma, loções, ou até mesmo após utilizar produtos íntimos como sprays vaginais e preservativos.


"O desequilíbrio na flora vaginal é uma das causas mais comuns de infeções vaginais."


Desconfortos vaginais podem também ocorrer devido a irritantes e alergénicos presentes nos detergentes e amaciadores da roupa, e por vezes devido aos químicos utilizados para colorir a roupa. Roupa interior sintética pode também causar irritações e promover o crescimento fúngico, bem como pensos higiénicos que contêm aromas e cheiros. O resultado pode ser o crescimento excessivo de bactérias, resultando numa vaginose bacteriana ou candidíase. Desconfortos também podem ser causados devido a relações sexuais não protegidas pela transmissão de infeções.

O impacto das hormonas

Outro fator importante que pode afetar a sua saúde vaginal é a sua condição hormonal. Alterações nos níveis hormonais são percetíveis, pois têm impacto no desenvolvimento de infeções vaginais. Podem também causar outros problemas.

Os níveis de estrogénio podem diminuir antes da menstruação, durante a gravidez ou amamentação e durante a menopausa. Isto reduz a lubrificação natural das paredes vaginais, fazendo com que a vagina seque e fique propensa a danos durante a penetração. Isto resulta em dores durante as relações sexuais, inflamação e sensibilidade.

Se estiver a experienciar sintomas como corrimento, odor, dor, prurido, ardor ou sensibilidade, consulte o seu médico para receber o tratamento apropriado e prevenir futuras complicações.