pH vaginal – a sua vagina é ácida ou alcalina?

Pode já ter conhecimento que o pH vaginal é uma parte importante da saúde íntima. Mas qual é o valor exato do pH e porque é que é tão importante para a nossa saúde reprodutiva? Continue a ler para saber qual é o valor normal do pH vaginal e se a vagina deve ser ácida ou alcalina.

O que é o valor de pH?

O pH é uma escala que indica a acidez ou a alcalinidade. A escala vai de 0 a 14, sendo 0 o mais ácido e 14 o mais alcalino. A água tem um pH 7, o que geralmente é referido como um pH neutro. Um valor de pH vaginal saudável é entre 3,8 a 4,5, dentro do intervalo ácido. A causa deste valor é devido às bactérias saudáveis que vivem na vagina que produzem ácido láctico reduzindo o valor de pH.

A importância do pH vaginal

O ambiente ácido da vagina é a barreira natural a infeções e irritações, pois reprime o crescimento das bactérias nocivas que preferem um ambiente menos ácido. Isto significa que desde que o número de boas bactérias seja elevado e o pH vaginal ácido, as bactérias nocivas têm poucas hipóteses de crescerem excessivamente, diminuindo o risco de infeção.

Assim que o pH vaginal aumenta acima do valor 4,5, as bactérias nocivas aproveitam a oportunidade para se desenvolverem e crescerem, eventualmente causando uma infeção. Isto pode resultar em sintomas como corrimento, odor, prurido e outros desconfortos vaginais. Alterações no valor de pH estão frequentemente ligados à vaginose bacteriana.

O que provoca as alterações no pH?

O valor de pH pode alterar devido a inúmeros fatores – veja aqui algumas coisas que poderá fazer para proteger a sua saúde vaginal e manter o valor de pH no intervalo ácido:

  • Antibióticos. Esta medicação elimina não só as bactérias nocivas, mas também as saudáveis que são responsáveis por manter a vagina ácida e saudável. Durante a toma de antibióticos ou após, use um produto que estimule as suas bactérias saudáveis.
  • Relações sexuais. O valor de pH alcalino do esperma pode perturbar o ambiente ácido da vagina e estimula a VB (vaginose bacteriana) – causando o desenvolvimento de bactérias. Poderá reparar nisto através do aparecimento de um odor forte após relações sexuais desprotegidas. Se acontecer consigo, considere utilizar preservativos para prevenir desconfortos.
  • Amamentação e menopausa. Redução dos níveis de estrogénio (por exemplo, devido a amamentação ou menopausa) pode diminuir o número de lactobacilos, e eventualmente causar um aumento no pH vaginal (por isso, reduz a acidez). Se estiver a amamentar ou na menopausa, utilize um produto com prebióticos que estimulem as bactérias saudáveis e mantenham o valor de pH no intervalo saudável.

"Assim que o pH vaginal aumenta acima do valor 4,5, as bactérias nocivas aproveitam a oportunidade para se desenvolverem e crescerem, eventualmente causando uma infeção."