Vermelhidão vaginal

Se se pergunta como será o aspeto da sua zona íntima, pode utilizar um espelho de bolso e olhar para si de um ângulo diferente. Contudo, a maioria de nós só iria fazê-lo se acreditasse que algo se passava de errado. Se experienciar prurido vaginal, irritação e dor, irá reparar que a sua vulva parece vermelha e muitas vezes inchada. Isto é geralmente conhecido como secura vaginal. Em termos médicos, vermelhidão vaginal é referida como vulvovaginite, uma inflamação do tecido da vulva da vagina. Para além de vermelhidão, a vulvovaginite pode ter um ou mais sintomas como corrimento anormal, odor desagradável, prurido, irritação, sensação de ardor durante as relações sexuais, ou ao urinar.

O que causa a vermelhidão vaginal

A inflamação do tecido que se manifesta com vermelhidão pode ser causada por vários fatores, o mais comum é uma infeção, como uma infeção vaginal fúngica (candidíase) ou vaginose bacteriana. Estes problemas não são transmitidos entre parceiros, por isso não existe necessidade de restringir as relações sexuais, contudo a atividade sexual pode ser bastante desconfortável quando a vermelhidão aparece. Se a causa da infeção é uma DST (doença sexualmente transmissível), geralmente ambos os parceiros devem ser tratados.

Contudo, a causa da vermelhidão vaginal não é sempre por infeção. O tecido sensível da vulva e da vagina pode facilmente desenvolver uma reação alérgica ou irritação a substâncias encontradas no ambiente, como perfumes, sabões ou conservantes. Na realidade, produtos como pensos ou papel higiénico perfumados, detergentes, shampoos agressivos, detergentes de roupa, etc., geralmente contêm ingredientes que causam alergias ou criam irritação. Outra razão comum para a vermelhidão é irritação física, frequentemente devido à prática de desportos, calor ou roupa interior sintética.

Como tratar a vermelhidão vaginal

O primeiro passo no tratamento da vulvovaginite é eliminar a causa da inflamação. Consulte o seu médico para garantir que deteta a causa do problema. A inflamação é causada por uma infeção, por isso a prescrição de antibióticos ou antimicóticos é regularmente utilizada. Utilizar prébioticos vaginais como coadjuvante, ou após, a toma de antibióticos pode ajudar a restaurar o equilíbrio da flora vaginal, minimizando o risco de recorrências da infeção. Contudo, se a vermelhidão é causada por uma reação alérgica ou um irritante físico, nem sempre é fácil identificar e remover o causador. Neste caso é melhor evitar todas as possíveis causas, e depois introduzir novamente uma a uma.

Mesmo que seja mais importante remover a causa do problema, o alívio dos sintomas ajuda também bastante. Procure por produtos que aliviem os sintomas tais como sprays e géis com efeito refrescante/calmante que pode adquirir na Farmácia. Assegure-se que esses produtos são específicos para a área íntima, e não contêm potenciais alergénicos ou irritantes.


"A inflamação do tecido que se manifesta como vermelhidão pode ser causada por variados fatores, o mais comum é uma infeção, como por exemplo candidíase ou vaginose bacteriana. "