Prurido vaginal:
qual a sua causa?

Provavelmente, um dos problemas vaginais mais desconfortáveis é o prurido. Pode ser um problema bastante embaraçoso, não sendo recomendável “coçar” a área afetada. Ter prurido constante na sua área íntima pode ter um grande impacto nas suas atividades diárias. Antes de tratar o prurido vaginal, é importante primeiro saber a causa. Estes são os mais comuns:

Infeção vaginal fúngica

Uma das principais causas do prurido vaginal é uma infeção fúngica, também conhecida como cândida ou candidíase. Uma infeção vaginal fúngica (ex: candidíase) é causada pelo crescimento excessivo de células fúngicas na vagina na zona interna, ou externa. Corrimento espesso esbranquiçado, ardor e prurido são sintomas dessa infeção.

Uma infeção vaginal fúngica (ex: candidíase) é praticamente inofensiva e os sintomas desaparecem, contudo pode ser bastante desconfortável. Para isto, existem variadas opções para o tratamento da cândida ou para alívio dos sintomas. Pode utilizar medicação antifúngica (antimicóticos) para tratar a infeção. São muito eficazes, mas a medicação pode causar efeitos secundários e infeções recorrentes.

A outra opção para aliviar os sintomas, pode ser através de produtos de cuidados íntimos que podem ser adquiridos na Farmácia local. Se escolher um produto com ingredientes naturais poderá prevenir as recorrências.

Secura vaginal

Outra causa de prurido é a secura vaginal. A maioria das mulheres irá associá-la à menopausa, contudo mulheres de qualquer idade podem sofrer de secura vaginal. Para além do prurido, a secura vaginal pode ser acompanhada de outros desconfortos como ardor, sensibilidade e dor durante as relações sexuais.


"Uma das principais causas do prurido vaginal é uma infeção fúngica, também conhecida como cândida ou candidíase."


A secura vaginal ocorre normalmente quando existe uma queda dos níveis de estrogénio, por exemplo devido à gravidez, medicação (contracetivos), stress, depressão ou menopausa. Se quiser tratar a secura vaginal pode tomar medicação para aumentar os níveis de estrogénio. A outra opção é aliviar diretamente a secura vaginal utilizando lubrificantes ou produtos que estimulem a hidratação natural.

Outras causas do prurido vaginal

Para além de infeções vaginais fúngicas e secura vaginal, existem outras causas para o prurido vaginal. Apesar de não ser comum, a vaginose bacteriana pode também provocar prurido em alguns casos. Vaginose bacteriana é uma infeção causada pelo crescimento excessivo de bactérias nocivas na vagina.

Sintomas como corrimento branco acinzentado com um odor forte a peixe, podem ser bastante desconfortáveis, mas desaparecem após algum tempo. Se desejar tratar a vaginose bacteriana pode tomar antibióticos ou utilizar produtos de cuidados íntimos naturais que não tenham efeitos secundários.

Por fim, o prurido vaginal pode também ser causado por irritação de químicos provenientes de sabões ou perfumes, ou por uma DST (Doença Sexualmente Transmissível). Se suspeitar de DST, contacte o seu médico.