Prevenção de desconfortos vaginais

Desconfortos vaginais podem ser bastante desagradáveis, afetando a sua vida sexual e a qualidade de vida no geral. Na maioria dos desconfortos vaginais é difícil determinar a causa exata. Algumas mulheres são mais propensas a desenvolver desconfortos do que outras. Poderá ver algumas indicações de como prevenir desconfortos vaginais, contudo, não são garantidos.

Higiene

Higiene vaginal pode contribuir para a prevenção de desconfortos vaginais. Especialmente, maus hábitos de higiene podem causar mais danos do que não realizar higiene nenhuma - isto deve-se ao efeito agressivo do sabão e detergentes. Em vez de utilizar sabão puro que pode danificar a sua camada protetora da pele e causar irritação, é preferível escolher um produto natural que contenha ingredientes suaves, que não alterem o seu valor de pH da área íntima, e não irão remover a camada protetora da pele. Deve utilizar um produto de lavagem íntima uma vez por dia – se sentir a necessidade de lavar mais vezes, por exemplo após um treino ou um dia quente, utilize apenas água. Contudo, lembre-se que lavar a sua área íntima com água morna apenas é o suficiente. Quando se secar, passe suavemente em toda a área com uma toalha limpa e suave. Se estiver em viagem ou sentir a necessidade de se refrescar várias por dia durante a menstruação, utilize toalhitas íntimas.

Quando usar a sanita, limpe-se sempre da frente para trás – se o fizer na direção contrária pode transferir bactérias da área anal para a vagina, resultando em infeção.

Comportamento sexual

Utilizar um contracetivo apenas irá protegê-la de não engravidar – por isso é importante utilizar preservativos durante as relações sexuais. Lembre-se que existe um grande risco de ter vaginose bacteriana nas mulheres que trocam de parceiros frequentemente.

Dê tempo suficiente aos “preliminares”. Isto não é apenas para criar ambiente, mas sim para permitir à sua vagina que lubrifique o suficiente para evitar fricção durante a penetração. Se sofrer de secura vaginal, utilize um hidratante vaginal ou lubrificante para não ter relações sexuais dolorosas e prevenir danos no tecido.

Pensos higiénicos e tampões

Os pensos higiénicos e tampões devem ser mudados a cada 3-4 horas para evitar irritação causada pelo contacto prolongado do sangue menstrual com a pele da vagina ou no interior. O mesmo se aplica aos pensos higiénicos – apesar de parecerem a solução perfeita para se manter fresca o dia todo, lembre-se que eles impedem a sua pele de respirar, aumentando o risco de irritação e infeção. Se utilizar pensos higiénicos diariamente, assegure-se que os muda dentro de poucas horas.


"Maus hábitos de higiene podem causar mais danos, do que não realizar higiene alguma – isto deve-se ao efeito agressivo do sabão puro e detergentes. "


Roupas

Evite utilizar roupa apertada como calças de ganga, leggings ou calções durante longos períodos de tempo. As peças que são feitas para se moldarem ao corpo, especialmente se não forem feitas de materiais naturais, causam fricção, calor e reduzem a circulação do ar na área íntima – e tudo isto contribui para criar o ambiente perfeito para o desenvolvimento microbiano.

A mesma regra se aplica na escolha da roupa interior. Opte por tecidos naturais, como algodão, em vez de sintéticos.

Depilação

Independentemente de fazer a depilação com gilete ou cera, utilize um creme depilatório ou um produto idêntico, pois a pele sensível da área íntima está sobre risco de irritação. Para evitar desconfortos, hidrate a sua pele antes da depilação e aplique um produto calmante após.

Outras dicas

Evite áreas de banhos públicos, como piscinas, banheiras de hidromassagem, jacuzzis, etc. Evite também utilizar produtos (loções, géis de banho, sprays vaginais, etc.) que contenham detergentes fortes, químicos, fragâncias, corantes ou conservantes que possam ser irritantes ou alergénicos.

Como prevenção dos sintomas dos desconfortos vaginais que comecem a surgir, use produtos que contenham prebióticos. Prebióticos promovem o crescimento das bactérias saudáveis, ajudando a manter a flora vaginal equilibrada.