Os 5 desconfortos vaginais mais comuns

Todas as mulheres irão experienciar algum tipo de desconforto vaginal em algum momento das suas vidas. Estes desconfortos podem ir de suaves a bastante desagradáveis, sendo que a algumas mulheres pode afetar gravemente a sua qualidade de vida ou a sua vida sexual. Os 5 desconfortos vaginais mais comuns são prurido, ardor, secura vaginal, corrimento, algumas vezes acompanhado com mau odor e irritação ou dor durante as relações sexuais. A causa destes sintomas nem sempre é bem definida ou facilmente diagnosticável, por isso é importante que consulte o seu médico ou ginecologista se possuir um ou mais destes desconfortos.

Prurido vaginal

Purido vaginal pode ser causado por infeções, como candidíase, vaginose bacteriana, ou DST’s. Pode também ser causada por uma alergia ou reação irritativa a alguma substância como perfumes, sabões, amaciadores de roupa, etc. Outras causas incluem utilizar roupa interior sintética, fazer a depilação com gilete ou cera, fricção durante o exercício físico ou secura vaginal. Enquanto as infeções podem reconhecer-se, na maioria dos casos, pela presença de um corrimento específico, as causas do prurido não apresentam um corrimento anormal, mas os tecidos da vagina e da vulva estão constantemente inchados e vermelhos. Para detetar a causa do desconforto, tente remover os potenciais alergénicos da sua área íntima: não utilize sabão ou perfumes, pare de colocar amaciador na sua roupa interior, não faça a depilação com gilete ou cera durante um tempo, utilize calças apenas feitas de materiais naturais “respiráveis”. Se o problema persistir, contacte um profissional de saúde.

Ardor vaginal

Uma sensação de ardor na área da vagina é geralmente causada por uma irritação da pele como consequência de prurido e coçar, ou devido a infeções da vagina ou da uretra. Esta sensação pode iniciar-se de repente ou desenvolver-se durante várias semanas. É importante contactar o seu médico que irá analisar o seu historial médico e realizar um exame vaginal, para inidicar o tratamento certo. Se a causa for uma infeção, o tratamento irá incluir antibióticos ou antimicóticos. Poderá levar alguns dias até que a terapia comece a fazer efeito, por isso é uma boa ideia utilizar produtos que acalmem a pele e aliviem o prurido e irritação. Estes produtos podem geralmente ser adquiridos atrás do balcão em formato de spray ou gel.


"Os 5 desconfortos vaginais mais comuns são prurido, ardor, secura vaginal, corrimento, por vezes acompanhado de mau odor e irritação ou dor, durante ou após, relações sexuais. "


Secura vaginal

Secura vaginal é frequentemente ligada à menopausa, mas mulheres de todas as idades podem sofrer da mesma. Os seus sintomas incluem prurido, ardor, dor durante relações sexuais e sensibilidade na área íntima. Apesar destes sintomas serem similares a outros desconfortos, a falta de corrimento anormal é a grande diferença. Dependendo da causa, a secura vaginal pode ser tratada com terapias hormonais ou não-hormonais, aplicadas localmente ou oralmente. Hidratantes vaginais não-hormonais oferecem alívio rápido e os seus efeitos podem durar uns dias. Lubrificantes vaginais, por outro lado, podem ser uma solução instantânea em caso de relações sexuais dolorosas.

Corrimento ou mau odor

Corrimento vaginal é um fluido corporal que ajuda a manter a flora bacteriana, promove a lubrificação durante relações sexuais e protege os tecidos da área íntima. A sua aparência altera durante o ciclo menstrual e em diferentes fases da vida. Contudo, corrimento anormal – esbranquiçado, espesso e grumoso, ou acinzentado, fino e com cheiro idêntico a peixe - é sinal de infeção vaginal (vaginose bacteriana ou candidíase). Alterações anormais no corrimento podem ser também indicativos de DST’s ou outro problema grave de saúde. Por isso, se notar alterações anormais no seu corrimento, contacte o seu médico ou ginecologista.

Irritação e dor, durante ou após, relações sexuais

Em circunstâncias normais, as relações sexuais devem ser sem dor. Irritação e dor, durante ou após, relações sexuais podem ser causadas por muitos fatores. As causas mais comuns são a secura vaginal, infeções vaginais ou alergias, mas em alguns casos a dor pode ser ligada a problemas mais sérios, como por exemplo trauma físico (após parto natural), trauma psicológico ou cancro. Se experiencia dor vaginal de qualquer tipo, é importante partilhar com o seu médico, encontrar a causa e iniciar um tratamento adequado.