O meu corrimento vaginal é normal?

O corrimento vaginal é normal e tem diversos propósitos, incluindo limpeza e lubrificação da vagina, e ajuda a prevenir e combater contra problemas microbianos e infeções. Verificar o seu corrimento vaginal pode ajudá-la a detetar problemas e a manter uma boa saúde vaginal.

O que é normal?

Corrimento vaginal normal é geralmente claro a branco, tem um cheiro ligeiramente ácido (idêntico a vinagre) e pode ser espesso ou líquido. O fluído vaginal normal pode variar na textura. Pode ser líquido, pegajoso e elástico, ou espresso e viscoso. Poderá reparar em pequenas alterações na textura e quantidade de corrimento quando está sexualmente excitada, antes do seu período, durante a ovulação, durante a amamentação e menopausa.

Apesar de ser normal o seu fluido vaginal poder variar ligeiramente, é importante entender as diferenças entre corrimento normal e anormal. Isto irá ajudá-la a reconhecer qualquer mudança no seu corrimento que indique um problema ou necessite de investigação.


"Se acha que pode ter uma DST, é importante que visite o seu médico rapidamente. Visite também o seu médico imediatamente caso tenha corrimento com febre ou dor na barriga/abdominal na área pélvica. "


Controle o seu corrimento regularmente e veja se existem alterações

É importante verificar o seu corrimento vaginal e manter as alterações sobre vigia. As seguintes alterações podem indicar um problema:

  • Alteração no odor (especialmente para algo desagradável ou idêntico a peixe
  • Alteração na cor (para esverdeado, acinzentado, ou algo idêntico a pus)
  • Alteração na textura (como por exemplo para espumoso ou grumoso e pegajoso, idêntico a requeijão)
  • Prurido vaginal, ardor, inchaço ou vermelhidão
  • Sangramento vaginal ou pequenas perdas que não sejam do seu período

Infeções vaginais, como por exemplo vaginose bacteriana, candidíase (fungos) são causas comuns de corrimento vaginal anormal. Algumas infeções que podem causar alterações no corrimento vaginal são transmitidas sexualmente (DST’s), como por exemplo gonorreia. Outras infeções podem ocorrer com ou sem relações sexuais, como por exemplo vaginose bacteriana ou candidíase (infeções fúngicas).

Estes sintomas destas infeções podem ser bastante similares, mas existem algumas diferenças a ter em conta:

  • Infeções fúngicas (candidíase) podem tornar o seu corrimento opaco, branco e espesso, idêntico a requeijão. Um infeção fúngica nem sempre tem um odor forte, mas pode causar prurido e ardor intensos.
  • Vaginose bacteriana (VB) pode fazer com que o seu corrimento fique com um odor desagradável idêntico a peixe. O fluído poderá ficar mais líquido e acinzentado na cor.
  • Tricomoníase, é uma doença sexualmente transmissível comum (DST), pode causar um forte odor. O corrimento é geralmente de cor amarelado a esverdeado e pode tornar-se espumoso.