Sensação de ardor na vagina

Todas as mulheres experienciam desconfortos vaginais em algum momento das suas vidas. Os sintomas mais comuns incluem corrimento, odor, prurido, dor e ardor vaginal. Estes sintomas podem afetar seriamente a qualidade de vida. A sua vida íntima pode ser particularmente afetada pois as relações sexuais podem tornar-se muito desconfortáveis e até mesmo dolorosas.

A sensação de ardor na zona íntima é geralmente um sinal de uma irritação ou infeção. Pode ser causado por:

  • Vaginose bacteriana
  • Fungos (também conhecida como candidíase ou infeção por cândida)
  • Detergentes fortes, loções, sprays vaginais, banhos de espuma, etc. Este tipo de produtos contém frequentemente irritantes e alergénicos que podem causar sensação de ardor pouco tempo depois de serem aplicados.
  • Menopausa. Falta de estrogénio provoca encolhimento e diminuição da espessura do tecido vaginal, e perda de lubrificação necessária para relações sexuais não dolorosas. Isto pode causar fricção e inflamação pois o tecido deixa de ser tão elástico e espesso como seria com níveis de estrogénio mais elevados.
  • Tanto a falta de higiene com o excesso podem danificar a camada protectora da pele e abrir espaços para micróbios, irritantes e alergénicos. Usar sabão regular ou detergentes fortes podem remover a superfície da barreira da pele, causando inflamação e irritação.
  • Alterações no valor do pH da vagina. Isto pode ser causado por muitos factores, incluindo doenças, medicação, sabões agressivos e detergentes.
  • Antibióticos e antimicóticos
  • Diabetes
  • Roupa interior sintética e roupa apertada
  • Irritação causada por preservativos, espermicidas, lubrificantes e até mesmo esperma.

"A sensação de ardor na zona íntima é geralmente um sinal de irritação ou infeção. "


O que fazer se está com ardor vaginal?

Se suspeita que o seu ardor pode estar relacionado com um produto que utilizou recentemente, lave a área o mais depressa possível para remover os resíduos e minimizar o efeito. Após isso, use um produto suave e natural ou um gel vaginal com prebióticos para ajudar as bactérias boas a recuperar e a proporcionar alívio imediato. Para prevenir este tipo de problemas, escolha produtos naturais que não contenham químicos agressivos, fragâncias ou corantes.

Caso ocorram outros sintomas, como por exemplo corrimento, odor, prurido ou dor, é possível que tenha uma infeção. Verifique com o seu médico se é esse o caso. Existem tratamentos bons e eficazes, sem antibiótico ou antimicótico, disponível para a vaginose bacteriana, candidíase ou outros desequilíbrios microbianos.

Se está com ardor vaginal devido a secura, peça ao seu ginecologista uma solução adequada. As suas opções incluem cremes de estrogénio, hidratantes vaginais e lubrificantes. A grande diferença entre hidratantes e lubrificantes é que o primeiro grupo de produtos tem o objectivo de proporcionar alívio mais prolongado. Isto é ideal se a secura vaginal está a causar desconforto quando faz exercício ou anda. Lubrificantes são aplicados antes das relações sexuais e irão proporcionar-lhe alívio de curta duração, mas poderá ajudá-la a ter relações sexuais mais agradáveis e sem dor.

Quando irritação e inflamação ocorrem, dê espaço para que a sua vagina se cure e evite relações sexuais até que os sintomas desapareçam completamente. Resista à vontade de coçar a zona afetada, pois irá apenas piorar a situação, causando inchaço e dor.