Sabe o que determina uma higiene íntima adequada?

Frequentemente afirma-se que uma má higiene é pior do que não efetuar higiene. Não é uma afirmação exagerada – hábitos incorretos de higiene causam desequilíbrios e infeções na sua área íntima. Veja as respostas às questões mais frequentes relativamente ao que determina uma higiene íntima adequada.

Com que regularidade devo lavar a minha área íntima?
Lavar as suas partes íntimas com água morna ou um produto de lavagem específico para essa zona uma vez por dia, é a medida perfeita para uma boa higiene íntima. Contudo, durante os meses quentes, a menstruação ou após exercícios físicos, pode sentir a necessidade de se lavar mais vezes. Não há problema, desde que utilize apenas água se tiver necessidade de se lavar várias vezes por dia. Lembre-se de secar a sua área íntima bem utilizando uma toalha limpa e passando suavemente.

Que tipo de sabonete devo utilizar para as minhas áreas íntimas?
Nunca utilize sabão normal. É muito agressivo para a pele sensível da área íntima. O sabão pode danificar a barreira protetora da camada da pele, deixando a “porta aberta” para uma possível infeção. Escolha um produto natural que não contenha sabão ou detergentes agressivos, perfumes, corantes ou conservantes, podendo utilizar apenas água morna.

Posso utilizar toalhitas íntimas para manter a higiene?
As toalhitas íntimas são a solução perfeita para quando se deslocar – seja em viagem, durante o verão ou quando sua excessivamente. As toalhitas podem proporcionar-lhe o refresco que necessita. Assegure-se que as toalhitas que escolhe são específicas para a área íntima, e não contêm químicos agressivos, fragâncias ou cores.

"Nunca utilize sabão normal. É muito agressivo para a pele sensível da área íntima. "


Usar roupa interior de algodão é assim tão importante?
Tecidos sintéticos impedem a pele de respirar. Isto aumenta a transpiração e calor na área íntima, e como provavelmente saberá, áreas húmidas e escuras com fraca circulação de ar são o ambiente perfeito para o crescimento de micróbios. Usar roupa apertada como calças, leggings ou calções curtos causa fricção e pode danificar os tecidos. Isto permite que os micróbios consigam transpor a barreira da pele e causem infeção. Por isso é importante que limite a utilização deste tipo de roupa e mantenha a sua lingerie de renda para ocasiões especiais apenas, e utilize roupa interior de algodão diariamente. Outra dica que poderá ajudar a manter uma boa saúde vaginal é dormir sem roupa interior. Isto irá permitir que a sua área íntima respire e recupere durante a noite.

Porque é que os especialistas recomendam utilizar papel higiénico incolor e sem cheiro?
As fragâncias e corantes utilizados para dar cor e cheiro ao papel higiénico (e outros produtos como loções, sprays vaginais e banhos de espuma), são irritantes que podem causar sintomas desconfortáveis como irritação e corrimento. Por isto deve evitar todos os produtos que contenham estes químicos. Quando está na sanita, nunca se limpe de trás para frente – fazer isso transporta as bactérias do ânus para a vagina, causando infeções.

Posso colocar perfume na minha área íntima?
Todas as vaginas têm o seu cheiro único e não é razão para preocupação. Claro que, caso repare num odor forte, pode ser constrangedor. Aplicar perfume ou sprays vaginais pode causar irritação e sintomas como corrimento, prurido, ardor e até mesmo odor.

Com que frequência devo trocar os meus pensos higiénicos?
A cada 3 – 4 horas. O mesmo se aplica a tampões, onde o risco de irritação é ainda maior, pois o sangue menstrual fica em contacto direto com as paredes vaginais.